A velhice de um gato



Adote um gatinho, A velhice de um gato, adote um gato adulto, adote um gato idoso, gato senil, Gatos idosos, comunicat.pet comunicatoficial
Ágata, nossa filha de 8 anos de idade.

Como vocês sabem, na véspera de natal nós adotamos a Ágata, um bebê de 8 anos de idade.


Sabemos que os desafios serão muito maiores do que com os nossos bebês mais jovens.

Mas, temos todo o amor do mundo para dar a ela.

Leiam este texto até o fim e nunca abandonem um bebê velhinho.

Texto de @flaviarocha.medicinafelina 

A velhice de um gato...


"Eu já não sou mais o mesmo de antigamente, e já faz tempo que a minha aparência física era de um gato robusto e ativo, mas agora necessito de ainda mais cuidados e carinho.

Às vezes eu esqueço de algumas coisas e fico indo e voltando dos mesmos lugares, é culpa da Síndrome da Disfunção Cognitiva, algo como o Alzheimer nos humanos.

Meus rins já não estão com a mesma função e isso requer um cuidado maior com a minha alimentação e suplementação.

Já não tenho o mesmo capricho com a minha pelagem, às vezes tenho dificuldade de me limpar, mas também pode ser que eu esteja com algum problema hormonal, ouvi a Vet falar em hipertireoidismo.

As minhas articulações me impedem de subir nos locais de antes, mas eu não quero abandonar meus locais favoritos, me ajude para que eu não abandone os velhos hábitos.

Eu gosto de manter a minha originalidade, e ainda sinto falta de brincar, eu era ótimo nas brincadeiras de caça, não deixe de brincar comigo, me escovar, me alimentar bem, não posso perder peso.

Quando a minha hora chegar, por favor não fique triste e não feche o seu coração para um novo felino, saiba que eu te amei em todos os momentos, e que ainda que não tenha demonstrado tanto, você era a pessoa mais especial desse mundo".

Não abandone seu velho felino. De uma Vet emotiva, Flávia Rocha. 

.

Comentários